Dicas de escrita que aprendi com Chuck Palahniuk — Escrevendo com a “língua queimada”*
Sobre escrever / 1 outubro, 2015

*Adaptado de Nuts and Bolts: Saying it Wrong, do Chuck Palahniuk, publicado em 24 de janeiro de 2014 Chuck Palahniuk publicou em 2014 um ensaio sobre como “escrever errado”, ou, pegando a expressão de outro autor, “falar com a língua queimada”, ou seja, dizer algo de um jeito confuso ou interessante. Ele não se refere a falar errado nos diálogos dos personagens, mas à própria narrativa. As funções desse modo de escrever seriam três: criar uma sensação de intimidade e de honestidade na história; diminuir o ritmo do leitor, forçando-o a prestar bastante atenção; e criar interesse com uma linguagem poética ou incomum. “Queimar” a linguagem cria uma sensação melhor de alguém se esforçando para contar uma história emocional, melhor do que “Minhas palavras foram agitadas e hesitantes…” ou “Ela disse em um sussurro suspirado…” A primeira função tem a ver com imitar o jeito com que pessoas contam histórias pessoalmente, em voz alta. Um narrador nervoso não vai contar uma história por meio de uma linguagem perfeita; ele vai cometer erros. Um narrador ansioso ou com raiva provavelmente terá uma linguagem caótica e entrecortada. Ele cita um trecho da história The Annex, da escritora Amy Hempel [traduzida e adaptada…

Brasil Cyberpunk 2115 – Resultado do sorteio e disponibilidade no Kindle Unlimited!
Sem categoria / 1 outubro, 2015

Hoje saiu o resultado do sorteio de 3 ebooks do Brasil Cyberpunk 2115 promovido pela Camila pelo The Nerd Bubble! Parabéns Erica Igue, Daniel Martins e Linda Kardinaly! Espero que gostem! A partir de hoje a novela também está disponível no Kindle Unlimited da Amazon. É só clicar aqui para comprar ou ler lá! Os dois primeiros capítulos continuam disponíveis em Previews. Inscrevam-se na newsletter!

%d blogueiros gostam disto: